sábado, 29 de outubro de 2011

#Fato

Um dia desses me disseram uma coisa muito engraçada. Não é nenhuma piada, é o seguinte:

Toda vez que alguém que me conhece bem vê um cachorro, ao me ver, fala: "Jéssica, vi um cachorro[...] só lembrei de ti!" E semana passada uma amiga minha disse exatamente isso. Ela chegou e falou: "Jéssica, ontem eu vi uma conhecida minha que cria um labrador, é lindo! Eu só lembrei de ti." E eu falei: "Fooi? ouun." E ela: "A menina disse que quando era menor o sonho dela era criar cachorro de rua." E eu: "Era? E por que não é mais?" Ela: "Porque ela disse que com o tempo foi vendo que não tinha condição."[...]

Engraçado, não? Ela diz que não tem condição de criar cachorro de rua, mas cria um labrador! Sinceramente, eu não sei o que falta nas pessoas: compaixão ou raciocínio? Será mesmo que essa "menina" não vê que se ela abrigasse pelo menos um único cachorro abandonado já seria um bem muito grande pra humanidade? É, quando acho que já vi de tudo quando se trata de animais, aparece mais um idiota! O pior é que costumo ver fatos de desamor aos animais, mas agora eu vejo que o problema não é somente a falta de amor: a burrice também está impedindo os animais de serem felizes! É realmente o cúmulo do absurdo escutar que uma pessoa que poderia ser mais uma entre os poucos a ajudar na causa dos animais, simplesmente resolveu viver pacificamente com seu labrador, porque acha que só vai estar ajudando se abrigar todos os cachorros do universo!

Obs.: a partir de agora, no meu blog, os posts com esse título indicam que vou falar sobre algo absurdo que realmente vi/ouvi a respeito de animais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário